MADEIRA Meteorologia

Ucrânia: Tribunal Penal Internacional envia 42 peritos para o país

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
17 Maio 2022
16:29

O procurador do Tribunal Penal Internacional (TPI) anunciou hoje o envio para a Ucrânia de uma equipa de 42 especialistas, a maior missão de sempre em termos de efetivos, para investigar os crimes cometidos durante a invasão russa.

"Confirmo que hoje o meu escritório enviou uma equipa de 42 investigadores, cientistas forenses e outros funcionários de apoio para a Ucrânia", disse Karim Khan num comunicado, acrescentando que é "a mais importante missão em termos de efetivos já enviada para o terreno de uma só vez".

O procurador do TPI, criado em 2002 para julgar os piores crimes cometidos no mundo, abriu uma investigação em 03 de março sobre alegações de crimes de guerra e crimes contra a humanidade na Ucrânia, após receber luz verde de quase 40 Estados.

Khan deslocou-se à Ucrânia em abril, incluindo o subúrbio de Bucha, em Kiev, onde pelo menos 20 corpos foram descobertos em 02 de abril.

"Graças ao envio de uma equipa de investigadores, poderemos seguir pistas e recolher testemunhos relacionados a ataques militares que podem constituir crimes abrangidos pelo Estatuto de Roma", que é o tratado fundador do TPI, referiu o procurador.

Khan também agradeceu ao Governo dos Países Baixos pela sua cooperação, com o envio de um "número significativo de especialistas nacionais" em apoio à missão do TPI, que está sediado em Haia, Países Baixos.

"As nossas atividades investigativas e forenses no terreno vão tornar-se mais eficientes através dessa colaboração", acrescentou.

A guerra na Ucrânia, que hoje entrou no 83.º dia, causou já a fuga de mais de 14 milhões de pessoas das suas casas - cerca de oito milhões de deslocados internos e mais de 6,1 milhões para os países vizinhos -, de acordo com os mais recentes dados da ONU, que classifica esta crise de refugiados como a pior na Europa desde a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Também as Nações Unidas disseram que cerca de 15 milhões de pessoas necessitam de assistência humanitária na Ucrânia.

Lusa

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem acha que vai governar a Região após as eleições de 26 de maio?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas