MADEIRA Meteorologia

Nova erupção vulcânica na Islândia a sudoeste de Reiquiavique

Data de publicação
14 Janeiro 2024
10:00

Uma nova erupção vulcânica teve início hoje de manhã a norte da cidade de Grindavik, no sudoeste de Reiquiavique, após uma erupção anterior em dezembro na mesma região, anunciou o Gabinete Meteorológico islandês (IMO).

A atividade sísmica acelerou fortemente durante a noite e os habitantes de Grindavik foram retirados por volta das 03:00, hora local e em Portugal, segundo a rádio e a televisão públicas islandesas.

Em 18 de dezembro deu-se a última erupção vulcânica na região, a quarta em dois anos, que foi precedida por uma série de terramotos a três quilómetros de Grindavik, evacuada desde 11 de novembro.

As autoridades planeiam construir uma parede de proteção, em torno de Grindavik.

Até março de 2021, a península de Reykjanes, a sul da capital Reiquiavique, tinha sido poupada de erupções durante oito séculos.

Desde então, ocorreram outros dois, em agosto de 2022 e julho de 2023, um sinal, para os vulcanologistas, de retomada da atividade vulcânica na região.

Trinta e três sistemas vulcânicos são considerados ativos nesta terra de fogo e gelo, a região mais vulcânica da Europa.

Em 11 de novembro, os moradores de Grindavik também já tinham sido retirados por precaução, após centenas de terremotos causados pelo movimento de magma sob a crosta terrestre, um potencial sinal de alerta de uma erupção vulcânica.

Edifícios e estradas da cidade foram amplamente danificados por esta atividade sísmica.

Em 2010, o vulcão Eyjafjallajökull, no sul da ilha, causou a maior perturbação no tráfego aéreo em tempos de paz, um registo entretanto ‘eclipsado’ pela pandemia de covid-19.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas