MADEIRA Meteorologia

Ministro cabo-verdiano anuncia encontro com Guterres e visita de diretor-geral da OIM

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
26 Maio 2022
9:36

O ministro das Comunidades cabo-verdiano, Jorge Santos, disse à Lusa que será hoje recebido pelo secretário-geral da ONU, António Guterres, acrescentando que o diretor-geral da OIM, António Vitorino, visitará o país africano "em breve".

Jorge Santos, que termina hoje uma visita de uma semana aos Estados Unidos da América (EUA), disse hoje à Lusa que a sua viagem será encerrada com um encontro com António Guterres em Nova Iorque.

"Vamos ter um dia dedicado exclusivamente às Nações Unidas, onde sabemos que vamos ser recebidos pelo engenheiro António Guterres, que é nosso amigo, que é pessoa muito amiga de Cabo Verde, que também defende as causas da diáspora cabo-verdiana e que vê nela um grande potencial para a lusofonia, mas também para as Nações Unidas", disse o ministro.

"Portanto, vamos estar com ele e com um deputado federal, que vamos encontrar junto à nossa missão permanente, pelo que temos estado em contactos não só com as nossas comunidades, mas também com as autoridades norte-americanas", acrescentou o governante.

Aproveitando a deslocação à sede das Nações Unidas, Jorge Santos informou ainda que também António Vitorino, diretor-geral da Organização Internacional para as Migrações (OIM), estará em Cabo Verde "muito brevemente", advogando que estes encontros resultam de um "respeito por Cabo Verde".

"É uma honra ser recebido [por António Guterres] e vamos com certeza apresentar essa ideia da importância da diáspora cabo-verdiana para o desenvolvimento de Cabo Verde e como tirar proveito do sistema das Nações Unidas para nos ajudar", observou.

"A ONU já tem uma organização que é a OIM, que tem estado implicada diretamente com Cabo Verde, e que com quem temos uma boa cooperação, e que por sinal é presidida pelo Dr. António Vitorino, que também é um grande amigo de Cabo Verde que estará no país muito brevemente, de forma que tentamos aqui sinergias importantes", avaliou Jorge Santos.

De acordo com o responsável pela tutela das Comunidades, "todos têm respeito por Cabo Verde, por ser um país democrático, transparente, previsível, e um grande parceiro não só para os Estados Unidos, como também para o sistema das Nações Unidas", concluiu.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem acha que vai governar a Região após as eleições de 26 de maio?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas