MADEIRA Meteorologia

Autor de esfaqueamento em Sydney terá agido sozinho

Data de publicação
13 Abril 2024
12:49

O primeiro-ministro australiano, Anthony Albanese, afirmou hoje que o autor do ataque com uma faca num movimentado centro comercial de Sydney, que provocou cinco mortos, parece ter agido sozinho.

“Para todos nós, esta noite, as cenas terríveis em Bondi Junction [nome do centro comercial em Sydney] estão para além das palavras e da compreensão”, sublinhou Albanese numa conferência de imprensa.

Imagens de câmaras de vigilância transmitidas pela imprensa australiana mostram um homem, cerca das 16:00 locais (07:00 em Lisboa), a empunhar uma grande faca já dentro do centro comercial, podendo observar-se também várias pessoas feridas no chão.

O agressor, entretanto abatido pela polícia, deixou também feridas mais oito pessoas, entre elas um menor, disse Anthony Cooke, vice-comissário da polícia estadual de Nova Gales do Sul, que, ao contrário das palavras do chefe do executivo australiano, não descartou a possibilidade de um “ato terrorista”.

As motivações do agressor, porém, estão por conhecer, acrescentou.

”Ainda não sei quem é [o agressor]. Vocês entenderão que este é um caso muito complexo. As investigações são muito recentes e estamos a tentar identificar o culpado”, acrescentou.

Ao cair da noite, dezenas de policias e ambulâncias ainda se encontram no perímetro do centro comercial com macas prontas para transportar eventuais novos feridos para os hospitais próximos.

Este tipo de ataque é raro na Austrália.

Em novembro de 2018, um indivíduo armado com uma faca matou uma pessoa e feriu outras duas numa rua de Melbourne antes de ser morto a tiro pela polícia. O crime foi reivindicado pelo grupo Estado Islâmico (EI).

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vai ganhar a Taça de Portugal?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas