MADEIRA Meteorologia

Dívida das famílias, empresas e Estado sobe para 811.200 ME em agosto

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
23 Outubro 2023
11:53

O endividamento do setor não financeiro (administrações públicas, empresas e particulares) aumentou 1.400 milhões de euros em agosto face a julho deste ano, somando 811.200 milhões de euros, informou hoje o Banco de Portugal (BdP).

Deste total, 445.000 milhões de euros respeitavam ao setor privado (empresas privadas e particulares) e 366.200 milhões de euros ao setor público (administrações públicas e empresas públicas).

Em agosto, o endividamento do setor privado subiu 1.300 milhões de euros, com o endividamento das empresas privadas a aumentar 1.300 milhões de euros, essencialmente perante as empresas (1.000 milhões de euros), devido à emissão de títulos de dívida de longo prazo.

Já o endividamento dos particulares decresceu 100 milhões de euros, principalmente junto do setor financeiro.

Quanto ao endividamento do setor público, aumentou em 100 milhões de euros, traduzindo um acréscimo perante as administrações públicas (600 milhões de euros) e uma redução junto do exterior (500 milhões de euros).

Em termos homólogos, face a agosto de 2022, o endividamento das empresas privadas teve um crescimento praticamente nulo, após ter aumentado em julho 0,6% em relação ao mesmo mês homólogo do ano anterior.

Por sua vez o endividamento dos particulares decresceu 0,1% relativamente ao período homólogo, menos 0,4 pontos percentuais do que em julho.

O BdP atualiza em 23 de novembro as estatísticas relativas ao endividamento do setor financeiro.

Lusa

OPINIÃO EM DESTAQUE
Coordenadora do Centro de Estudos de Bioética – Pólo Madeira
11/04/2024 08:00

A finitude da vida é um tema que nos confronta com a essência da nossa existência, levando-nos a refletir sobre o significado e o propósito da nossa passagem...

Ver todos os artigos

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas