Cerca de 7 mil alunos do secundário da Região retomam hoje aulas presenciais

Lusa

Cerca de 7.000 alunos do ensino secundário da Madeira regressam hoje às escolas depois de terem estado com aulas à distância desde 11 de janeiro. Já na segunda-feira é a vez de 8.700 estudantes do terceiro ciclo.

Recorde-se que o Governo Regional da Madeira decidiu a 11 de janeiro suspender as aulas presenciais no arquipélago para o ensino secundário e 3.º ciclo face ao aumento de casos da covid-19, ficando apenas em regime presencial creches, jardins de infância, pré-escolar, 1.º ciclo, 2.º ciclo, ensino profissional e especial.

As escolas dos outros graus de ensino mantiveram assim as portas abertas, com a obrigatoriedade de cumprimento de medidas preventivas, tendo os encerramentos totais de escolas devido a casos de covid-19 sido pontuais exceções.

Por norma, as turmas e os contactos identificados ficaram apenas em confinamento.

A decisão de retomar as aulas presenciais hoje para os ensinos secundários e 3.ºciclo acontece depois de ter sido implementada a vacinação de “todo o ’staff’ educativo na região”.

Segundo o secretário da Educação da Madeira, Jorge Carvalho, o processo de vacinação de docentes e não docentes deve estar concluído até ao final desta semana, com a administração de 6.000 doses a professores e funcionários da comunidade educativa.

Também estão a ser testados milhares de alunos das escolas da região, adiantou, na terça-feira, Jorge Carvalho, visando um “regresso em segurança e tranquilidade”.

O governante informou que, depois dos alunos do secundário e 3.º ciclo, “os outros graus de ensino, que sempre estiveram em regime presencial” na região, “também vão ser testados”.

O Conselho do Governo Regional da Madeira de hoje deve determinar algumas regras a respeitar pelos alunos e as respetivas escolas que agora vão retomar a atividade.

De acordo com os dados mais recentes da Direção Regional de Saúde da Madeira, a região contabiliza 8.511 casos confirmados de covid-19 desde o início da pandemia.