MADEIRA Meteorologia

PSD vê ilha do Porto Santo mais atrativa com mais rotas e lugares

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
26 Maio 2022
15:15

As questões da mobilidade aérea e marítima estiveram em foco num painel promovido pelo Grupo Parlamentar do PSD, no Centro Cultural e de Congressos do Porto Santo, no âmbito das Jornadas que estão a ser realizadas nesta ilha.

As jornadas contaram com a participação do diretor dos aeroportos da Madeira e Porto Santo, Roberto Santa Clara, e o administrador executivo da Porto Santo Line, Carlos Perdigão Santos, assim como o presidente da Câmara Municipal, Nuno Batista.

O investimento na captação de mais ligações ao longo de todo o ano como forma de esbater a sazonalidade, foi uma das questões abordadas, conforme salientou o deputado Bernardo Caldeira, realçando que este é um objetivo que tem vindo a ser paulatinamente a ser concretizado, com o crescimento do número de frequências e disponibilidade de lugares.

Neste momento, disse, o Porto Santo está ligado a cinco países e nove cidades e, ainda hoje, assistimos a mais uma estreia de um voo direto da Alemanha, com a Eurowings, lembrando também a entrada recente da EasyJet, com dois voos semanais do Porto e dois voos semanais de Lisboa.

O deputado sublinhou que este aumento das frequências será essencial para captar novos investimentos privados, em particular na área da hotelaria, uma vez que, nesta altura, já se tornam necessários.

Bernardo Caldeira destacou ainda a execução do projeto para a remodelação da Aerogare do Porto Santo. Um investimento da responsabilidade da Vinci, orçado em cerca de 14 milhões de euros, que irá proporcionar melhores condições naquela infraestrutura.

Ao nível da mobilidade marítima, o deputado salientou a importância que tem tido o modelo de cruzeiro de um dia, que corresponde já a 22% da ocupação da linha.

Redação

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem acha que vai governar a Região após as eleições de 26 de maio?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas