MADEIRA Meteorologia

PCP defende apoios do Estado para reconstrução das zonas afetadas em dezembro

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
04 Janeiro 2021
15:46

O deputado do PCP, Ricardo Lume, entregou hoje na Assembleia Legislativa da Madeira um projeto de resolução que defende apoios do Estado à recuperação e reconstrução das zonas afetadas pelas intempéries de 24 e 25 de dezembro de 2020.

Em nota enviada à imprensa, o PCP lembra que, "nos passados dias 24 e 25 de dezembro de 2020, as freguesias de Boaventura e Ponta Delgada, do concelho de São Vicente, e a freguesia do Arco de São Jorge, do concelho de Santana, foram particularmente assoladas por uma grave intempérie, da qual emergem avultados danos e prejuízos materiais, designadamente em infraestruturas públicas regionais"

Nesta nova intempérie, recorda que os danos foram "imensos" devido à grande quantidade de água, lama e outros resíduos e que 27 pessoas tiveram de ser retiradas das suas casas por motivos de segurança. Lembra ainda que a chuva intensa provocou derrocadas e prejuízos em bens, em imóveis privados e em áreas públicas e qie "o grande caudal da água, a torrente de lamas e de pedras chegaram a provocar os maiores temores da parte das populações, que em diversas localidades ficaram completamente isoladas e sem meios de comunicação, até que foram restabelecidas as ligações rodoviárias aos sítios que ficaram isolados durante o temporal".

Argumentando que "as ações e intervenções essenciais à recuperação das infraestruturas e bens públicos danificados nas zonas sinistradas comportam custos avultados", Ricardo Lume refere que são precisos meios económicos e a mobilização dos apoios financeiros e sociais necessários à reposição das condições de vida social e económica das populações das zonas afetadas.

"Para além dos meios que serão garantidos pelas autarquias locais e pelo Governo Regional da Madeira, para que sejam adotadas as ações e as medidas imprescindíveis à reposição das condições de vida económica e social das populações das zonas sinistradas, como para os apoios à recuperação de infraestruturas", o PCP considera que "justificam-se meios por parte da República como forma de expressão da solidariedade nacional para com a Região Autónoma da Madeira e, em particular, para com as populações mais atingidas pelas consequências negativas e destrutivas destas últimas intempéries".

Redação

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas