MADEIRA Meteorologia

Miguel Iglésias diz que aumento do número de casos é "consequência do relaxamento de regras"

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
05 Janeiro 2021
11:00

O líder do grupo parlamentar do PS no parlamento regional considerou que o aumento exponencial do número de casos de covid-19 na Região ao longo dos últimos dias é "consequência do relaxamento de regras" no Natal e Fim de Ano, e criticou ainda as medidas tomadas "em cima do joelho".

Miguel Iglésias sublinhou que "a Região ultrapassa 240 infetados por 100 mil habitantes", e lembrou que tem o concelho do Porto Santo "em risco muito elevado", e "Funchal, Câmara de Lobos e Ribeira Brava com risco elevado".

Um aumento de casos que o socialista considera ser "consequência do relaxamento de regras no Natal e Fim de Ano".

"Esta semana foram tomadas novamente medidas em cima do joelho", disse, acrescentando que "não é aceitável que a comunidade escolar seja avisada de um dia para o outro que não via haver aulas quando o Governo teve duas semanas".

Iglésias questionou ainda se o "Governo vai conseguir cumprir com a garantia de abrir as escolas a 11 de janeiro" e também de "testar toda a comunidade escolar destes concelhos".

Na resposta, Pedro Ramos afirmou que "o Governo continua preocupado com a evolução da pandemia, em contraste com o seu partido que esteve sempre equivocado".

O secretáirio regional adiantou ainda que já foram vacinados mais de 800 profissionais.

Marco Milho

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas