MADEIRA Meteorologia

Já são conhecidas as medidas de coação aplicadas aos três arguidos por corrupção na Madeira

Marco Milho

Jornalista

Data de publicação
14 Fevereiro 2024
17:07

Os três arguidos detidos na Madeira no âmbito de uma investigação por alegados crimes de corrupção vão ser restituídos à liberdade, ficando sujeitos a termo de identidade e residência, segundo a SIC.

Precisamente no dia em que faz três semanas que os arguidos foram detidos, as medidas de coação foram comunicadas pelo juiz de instrução Jorge Bernardes de Melo, numa sessão que teve lugar esta tarde, no Tribunal Central de Instrução Criminal, em Lisboa.

Conforme avança a estação televisiva, informação entretanto já confirmada, o juiz de instrução criminal decidiu que Pedro Calado, Avelino Farinha e Custódio Correia devem aguardar em liberdade o desenrolar da investigação, rejeitando assim os pedidos do Ministério Público para que os três se mantivessem em prisão preventiva.

A sessão desta tarde, na qual foram comunicadas as medidas de coação, tinha início marcado para as 15 horas, mas o juiz apenas terá começado a ler a súmula da acusação - com cerca de 80 páginas - pelas 16h30, antes de determinar a libertação.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Qual o seu grau de satisfação com a liberdade que o 25 de Abril trouxe para os madeirenses?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas