MADEIRA Meteorologia

Há 42 obras candidatas ao prémio João Augusto D'Ornelas

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
30 Julho 2021
15:01

A Câmara Municipal de Câmara de Lobos recebeu 42 obras candidatas ao Prémio Literário João Augusto d’Ornelas, instituído pela autarquia, e cujo período de candidaturas terminou a 19 de julho.

O referido prémio presta homenagem ao escritor natural do Estreito de Câmara de Lobos, onde nasceu a 11 de julho de 1886. Destacado jornalista literário, alcançou notoriedade com inúmeros folhetins divulgados na imprensa, com romances editados sob o signo do Romantismo. Além de ter escrito alguma poesia, destacou-se nas letras madeirenses com a publicação de vários romances e novelas, sendo "A Mão de Sangue" a sua obra mais conhecida, prefaciada por Camilo Castelo Branco.

Atendendo ao número elevado de candidaturas, a autarquia, decidiu prorrogar o tempo de análise das obras, por mais 15 dias, sendo anunciado os vencedores a 3 de setembro. Francisco Fernandes, ex-secretário da Educação, Naidea Nunes, docente da Universidade da Madeira e Lília Mata, jornalista da Antena 1 Madeira, compõe o júri que avaliará os contos apresentados

Os prémios dos trabalhos vencedores da 1.ª edição, serão entregues durante uma sessão cultural pública, a realizar no Município de Câmara de Lobos no dia 4 de outubro.?

Segundo a autarquia, o número de candidaturas demonstra que efetivamente João Augusto d’Ornelas, a sua obra e o seu pensamento, continuam a inspirar diferentes gerações.

Este concurso pretende dar a conhecer o escritor, estimular o gosto pela leitura e escrita, defender e valorizar a língua portuguesa; promover e incentivar a criação literária.

Tem como modalidade de escrita a prosa, sob a forma de conto, entre 20 e 25 páginas, com tema livre. Porém, deve estar patente no enredo, direta ou indiretamente, no mínimo, uma alusão às vinhas e/ou vinho Madeira, cuja cultura é uma marca da freguesia do Estreito de Câmara de Lobos, terra natal de João Augusto d’Ornelas.

Haverá um único 1.º prémio pecuniário com um valor monetário de 1500 euros, mas podem ser atribuídas menções honrosas, até a um máximo de duas. O trabalho vencedor com o 1.º prémio e as possíveis menções honrosas, serão editados em livro.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas