MADEIRA Meteorologia

Embaixadora da Ucrânia em Portugal agradece à Madeira apoio dado aos ucranianos

Data de publicação
12 Abril 2024
20:26

A Assembleia Legislativa da Madeira exibiu, hoje, ao fim da tarde, e pela primeira vez na Região, o documentário “20 Days in Mariupol”, a primeira longa-metragem do jornalista Mstyslav Chernov, vencedora do Óscar de Melhor documentário.

Retrata o trabalho de uma equipa de jornalistas ucranianos da Associated Press (AP), retidos na cidade sitiada de Mariupol. Sendo os únicos repórteres internacionais que permanecem na cidade, captam o que mais tarde se tornarão imagens definidoras da guerra da Ucrânia com a Rússia: crianças moribundas, valas comuns, o bombardeamento de uma maternidade e muito mais.

Uma oportunidade para a Embaixadora da Ucrânia agradecer todo o apoio que tem sido dado à comunidade ucraniana a viver na Região. Na missiva enviada ao Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, Maryana Mykailenko exprimiu a gratidão ao Parlamento madeirense pelo “Voto de Solidariedade com o povo ucraniano, aprovado por unanimidade pela a Assembleia Legislativa da Madeira”. A Diplomata agradeceu, também, à “Região Autónoma da Madeira por fornecer um refúgio temporário a um grande número de ucranianos que foram obrigados a deixar a sua Pátria devido à injusta e não provocada agressão russa, bem como pela a assistência humanitária prestada à Ucrânia”.

Antes da exibição do documentário o Presidente do Parlamento madeirense saudou a comunidade ucraniana residente na Madeira, através do qual transmitiu uma mensagem de solidariedade a todo o povo da Ucrânia.

“A poucos dias de celebrarmos os 50 anos do 25 de Abril de 1974, não podemos esquecer que a Democracia e a Liberdade continuam suspensas na Ucrânia, por uma guerra sem fim, que mata inocentes, destrói e corrói uma cultura, um povo, uma Nação”, começou por referir José Manuel Rodrigues.

“Hoje, quero, aqui, reafirmar o nosso orgulho no vosso povo e dizer-vos que o vosso combate é também o nosso combate, pela Democracia, pela Liberdade e pelos Direitos Humanos”, afirmou o Presidente do Parlamento madeirense.

Lamentando “os longos dias de tantos e tantos horrores, a perda, a morte, o medo, a desesperança”, José Manuel Rodrigues deixou palavras de esperança reforçando que “o vosso exemplo de luta pela liberdade é inspirador para todos nós e podem ficar cientes de que, dure o tempo que durar esta guerra, os ucranianos contam com o nosso apoio, com a nossa solidariedade e com as nossas orações”, concluiu.

A exibição do documentário foi uma organização da Associação “Associação da Ucrânia com Amor”, com os apoios da Embaixada da Ucrânia na República de Portugal e da Assembleia Legislativa da Madeira.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem acha que vai governar a Região após as eleições de 26 de maio?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas