MADEIRA Meteorologia

“É de coração pesado que amanhã não entrarei na porta da nossa Câmara”, despede-se Filipe Sousa

Data de publicação
28 Janeiro 2024
15:48

O presidente Filipe Sousa vai suspender, a partir de amanhã, e durante o tempo de campanha eleitoral, o seu mandato na Câmara Municipal de Santa Cruz, uma vez que é candidato pelo JPP às eleições legislativas nacionais.

“É de coração pesado que amanhã não entrarei na porta da nossa Câmara para fazer o que tenho feito na última década: trabalhar em prol deste concelho que amo, que me viu nascer e que viu nascer os meus filhos”, confessou o autarca, numa publicação endereçada à população santa-cruzense na página oficial de Facebook do município.

Filipe Sousa assume que não foi uma decisão fácil e relembra tanto os trabalhos mais difíceis como também os mais bonitos da sua carreira política.

“Difíceis dado os inúmeros desafios que tivemos de enfrentar, mas bonitos porque senti por parte deste povo todo o apoio e senti que todas as nossas conquistas foram lutas conjuntas e, como tal, vitórias conjuntas”, apontou, sublinhando que, apesar de tudo, sai descansado e confiante.

“ (...) sei que deixo uma equipa capaz de me substituir”, realçou, deixando uma palavra especial a Élia Ascensão que ocupará agora a presidência de Santa Cruz. Filipe Sousa está convicto de que a futura edil será “uma mulher forte, de convicções, e justiça e, sobretudo, de uma ética de trabalho irrepreensível”. “Sei que o concelho estará bem em suas mãos, e da equipa que a acompanha, e desejo-lhe as maiores felicidades para este período”, indica.

A finalizar, Filipe Sousa volta a reiterar que esta não foi uma decisão fácil. “Resolvi aceitar o convite para ser candidato a deputado da Nação porque entendo que a situação política difícil que o país e agora a Madeira atravessam justificam que o exemplo de Santa Cruz seja replicado em outras esferas de decisão, no sentido de termos uma política mais responsável, com maior transparência e centrada naqueles que devem ser os desígnios nacionais e as justas aspirações dos madeirenses e dos portugueses em geral”, conclui.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas