MADEIRA Meteorologia

Chega volta a garantir que não irá ceder a acordo pós-eleitoral

Data de publicação
23 Maio 2024
9:34

O Chega voltou a reiterar, ontem, a sua indisponibilidade para estabelecer qualquer acordo pós-eleitoral com o PSD de Miguel Albuquerque, nem com qualquer líder indicado quer por ele, quer por membros da sua lista candidata.

A garantiu foi reiterada ontem, à margem de uma visita à Casa de Saúde São João de Deus, onde o partido liderado por Miguel Castro na Região explanou que esta posição se prende com a intenção de se manter “fiel aos seus princípios e à sua missão de representar os interesses do povo”, de modo a não comprometer a sua integridade.

”O nosso foco é o bem-estar dos madeirenses e não as ideologias partidárias”, afirmou o cabeça de lista a esta eleições regionais, que, no entanto, asseverou que “continuará a viabilizar propostas que considere importantes e benéficas para a população, independentemente do partido que as apresente”.

“Estamos aqui para ajudar e elevar o povo madeirense, porque os madeirenses merecem. Essa é a nossa missão”, concluiu Miguel Castro.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas