MADEIRA Meteorologia

Cafôfo diz que madeirenses ou escolhem partido “a cair de podre” ou escolhem o PS

Data de publicação
15 Abril 2024
11:04

O cabeça-de-lista do PS-Madeira às eleições regionais de 26 de maio, considera que, neste momento complexo para a vida política na Região, nunca foi tão claro para os eleitores madeirenses quanto à escolha que têm a fazer no dia de votar. No entender de Paulo Cafôfo, de um lado, está um partido no poder há quase 50 anos, “a cair de podre, amarrado ou preso a uma teia de interesses e que já não tem qualquer solução”.

Ou seja, está esgotado nas ideias para poder levar os madeirenses para um melhor caminho.

De outro lado, está o PS “que tem ideias, soluções”, adiantou. Em declarações aos jornalistas à saída do Tribunal Judicial do Funchal, onde entregou, junto com a sua equipa, a lista candidata a 26 de maio, Paulo Cafôfo recusou-se a comentar a manchete de hoje do Correio da Manhã (que dá conta que as autoridades terão congelado 170 mil euros de uma conta à ordem que pertencia a Sofia Albuquerque, mulher do presidente do Governo Regional) mas disse ser importante perguntar aos eleitores quem querem para presidente do Executivo madeirense. “Só há duas pessoas que podem ser. Ou Miguel Albuquerque ou eu próprio. A opção será sempre entre estas duas pessoas e a capacidade de definir estará nas mãos dos madeirenses”, sublinhou.

Considerando que o tempo das maiorias absolutas acabou, Paulo Cafôfo acusou os partidos da oposição que dizem que querem a mudança mas que, na noite das eleições, na primeira oportunidade, estarão disponíveis para fazer um acordo com o PSD. “Votar nesses partidos é como dizer que os eleitores querem a continuidade de Miguel Albuquerque à frente do Governo regional”.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vai ganhar a Taça de Portugal?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas