MADEIRA Meteorologia

Autárquicas 2021: Manuel Filipe diz que São Pedro "mudou para pior"

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
22 Julho 2021
21:11

Manuel Filipe, apresentado esta tarde como candidato à Junta de Freguesia de São Pedro, pela coligação Funchal Sempre à Frente, comprometeu-se a dar outra dinâmica à Junta, ouvindo a população, os empresários e os investidores, tendo em vista ajudar e resolver os pequenos e os grandes problemas dos fregueses.

"Nós queremos dar apoio às famílias, com critérios justos e equitativos", afirmou o candidato pelo projeto de coligação PSD/CDS, na sessão realizada nos jardins da Fortaleza do Pico.

Entre outros objetivos, afirmou que quer dinamizar a atividade juvenil e desportiva, que considera "atualmente inexistentes" e melhorar as acessibilidades, sendo também as atividades culturais e turísticas outra aposta forte para a freguesia.

O actual presidente do Instituto das Florestas e Conservação da Natureza considera que São Pedro está votada ao esquecimento, sem identidade e com uma população envelhecida, daí ter aceitado o desafio de Pedro Calado.

"Sabemos que as competências das juntas são limitadas. Contudo, este facto pode ser ultrapassado com dinamismo, nunca esquecendo o quão importante será ter na liderança da Câmara do Funchal o Pedro Calado e a equipa da Coligação Funchal Sempre à Frente", referiu o candidato.

Sobre a atual gestão da freguesia, afirma que "não existe equipa, nem executivo e a culpa só pode ser imputada ao seu presidente e à sua conduta". Lança acusações dizendo que "não há rigor na atribuição dos apoios concedidos, não existe respeito pela Assembleia de Freguesia e os representantes do povo aí presentes".

"Nem os vários alertas de todas as forças da oposição e as rusgas efetuadas pela Polícia Judiciaria às instalações da Junta alteraram esse rumo e esse registo", sustentou o cabeça-de-lista, sublinhando que em oito anos, São Pedro "mudou para pior".

Manuel Filipe também criticou a falta de investimento do actual executivo da Câmara Municipal do Funchal na freguesia, dizendo que "o melhor exemplo da inércia" da autarquia é a reabilitação urbana do edifício da 'Felisberta'".

"Foi a bandeira da reabilitação urbana da coligação 'Confiança' na campanha de há quatro anos, hoje encontra-se exatamente na mesma, degradada", afirmou.

Na apresentação da candidatura, o cabeça-de-lista da Coligação 'Funchal sempre à frente', Pedro Calado, defendeu um projecto diferente para a cidade com base na proteção ao investimento, no crescimento, no apoio à causa social, de modo a salvaguardar aqueles que têm pouco e esclareceu que os apoios sociais vão continuar, mas com regras e sem vícios.

"Vamos continuar apoiar os jovens, as famílias que não têm forma de sustento. Não vamos apoiar quem não quer trabalhar", sublinha.

Iolanda Chaves

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas