MADEIRA Meteorologia

220 mil euros apoiam estudantes universitários do Funchal

Data de publicação
22 Fevereiro 2024
12:53

São 220 mil euros o valor que será, no corrente ano letivo, canalizado para 260 universitários do concelho do Funchal, no âmbito das bolsas de estudo atribuídas pela Câmara Municipal do Funchal, que autorizou, hoje, em reunião de câmara, o pagamento deste montante.

Isso mesmo destacou Cristina Pedra, presidente da edilidade, que mais avançou que foram cerca de 2.300 as candidaturas submetidas a este apoio, o qual sofreu um reforço de verbas, especialmente direcionado à classe média e com menos recursos financeiros.

“A bolsa pode ir entre 250 euros a 1.100 euros. Normalmente é feito um per capita de 1.272 euros por cabeça, o que significa que um casal com um filho pode ter um rendimento de 3.400 euros líquidos, que mesmo assim ainda consegue obter a bolsa de estudo para o filho”, explanou a autarca, que mais frisou que o aumento do valor destas bolsas participa da “consciência social” do atual executivo, “contrariamente ao anterior”.

Mais apontou para a introdução no regulamento de um teto máximo para conceção deste apoio, com o intuito de canalizar estas ajudas para quem realmente precisa. “Há famílias com rendimentos de milhares de euros por mês que não consideramos que não devia ser o target de receber dinheiros do erário público e, portanto, esta foi uma revolução na área das bolsas de estudo”, enalteceu a edil.

Certo é que, feitas as contas, comparativamente a 2021, Cristina Pedra realça que o valor das bolsas sofreu uma majoração na ordem dos 76%, com um orçamento para 2,2 milhões de euros.

Vacinação animal e estágios

A par desta matéria, na reunião camarária de hoje foi deliberada e aprovada a isenção das taxas para as campanhas oficiais de vacinação animal, que, segundo estimativas da edilidade, irá chegar a cerca de 700 animais, aditando-se outros 300 que irão beneficiar da identificação eletrónica.

“Esta campanha começa já a meados de março e vai até abril, já estando definido com as juntas de freguesia os vários dias em que existirá a vacinação”, aditou a presidente da CMF.

A fechar o ponto de ordem de hoje esteve ainda a aprovação da abertura de 28 vagas para estágios na Câmara Municipal do Funchal em diversas áreas, tais como a limpeza urbana, os cemitérios e o urbanismo, num investimento total de 250 mil euros, que espera chegar sobretudo àqueles com menores habilitações, uma vez que não obriga a que os candidatos tenham a escolaridade obrigatória.

“Temos conhecimento de que existem numas pessoas que não têm a escolaridade obrigatória e que na administração pública e local não podem ser contratadas, mas na iniciativa privada podem. Então, vamos dar uma oportunidade para que tenham um ano de formação, que pode ser prorrogada até 24 meses, com um valor que é de cerca de 820 euros. Melhoram o seu currículo para poder também ter uma oportunidade de trabalho na iniciativa privada”, rematou.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas