Exposição “Sistema circulatório” abre portas ao público dia 21 de janeiro

Edna Baptista

A partir do próximo dia 21 de janeiro poderá visitar a exposição “Sistema circulatório” de Martinho Mendes e David Oliveira, que estará patente na Galeria espaçomar, da Escola Básica e Secundária Gonçalves Zarco, no Funchal.

Conforme esclarece uma nota enviada à redação, esta exposição, que abre portas a partir das 12 horas e que apresenta uma vertente assumidamente educativa, transversal a todos os níveis de ensino, resulta de uma parceria entre um artista visual e um arquiteto, em torno de um tema comum: a paisagem insular.

Nas palavras dos artistas, “Sistema circulatório é uma exposição que procura refletir, especificamente, acerca do papel da água na paisagem cultural da Madeira, reunindo diferentes representações vinculáveis à sensibilidade de quem habita, cultiva e projeta neste território, e que problematizam, ainda, a procura pelo equilíbrio entre o ser humano, a cultura e o lugar”.

Nestas formas de artes é problematizado o papel da água, a sua essencialidade desde os primórdios da ilha, encarnando muitas das vezes uma dimensão mítica e catártica, “mostrando alguns instrumentos que serviram de modelação e transmutação da paisagem como um “medidor de caudais”.

“Trata-se, portanto, de um olhar sobre a ilha e a sua paisagem, mostrando as suas implicações, transformações, reconhecimentos e impactos nas vivências e mundanidade daqueles que a habitam, potenciando desta forma uma “literacia da paisagem”, promovendo a reflexão e a representação de um imaginário muito específico da ilha através de diferentes interpretações”, pode ler-se.