MADEIRA Meteorologia

Artigo de Opinião

15/05/2024 08:00

Após a adesão de Portugal em 1986, então à CEE – Comunidade Económica Europeia, a Madeira tem desfrutado de um desenvolvimento significativo em resultado dos diversos quadros de apoio comunitários.

Com a aplicação destes fundos europeus foi possível criar uma série de infraestruturas que contribuíram para uma redução das assimetrias regionais, promovendo uma maior coesão económica e social de todo o território regional.

A melhoria dos sistemas de transporte, incluindo a expansão do Aeroporto da Madeira e o aprimoramento das redes viárias, a modernização da agricultura, do parque escolar, das infraestruturas de água e eletricidade, o fomento do turismo, a conservação ambiental, a promoção de inovações tecnológicas e a melhoria do tecido empresarial e o aumento da sua competitividade foram áreas onde a aplicação dos fundos europeus teve uma importância fulcral.

Paralelamente a toda a construção e modernização de infraestruturas, foi também na formação e requalificação profissional de recursos humanos que os fundos europeus foram determinantes, elevando o nível educacional dos jovens madeirenses e uma força de trabalho local mais qualificada.

Ao nível empresarial, a entrada de fundos comunitários permitiu, e continua a permitir, à região diversificar a sua economia e aumentar a competitividade, bem como a sua capacidade produtiva, as exportações e o nível de emprego.

Com a previsível entrada de mais alguns estados membros do leste europeu, poderá haver uma redução de fundos estruturais para os países do Sul da Europa. Daqui surge a necessidade da Madeira preparar-se para esta situação, sendo o aprofundamento do estatuto das ultraperiferias o caminho mais óbvio para manutenção dos fundos de coesão e da importância das regiões ultraperiféricas no seio da União Europeia.

Considerando a grande importância que os fundos europeus têm para o desenvolvimento social e económico, é importante que a Madeira mantenha a colaboração estreita com a UE para garantir que a região consolide o seu desenvolvimento, mas também que se adapte e prospere no cenário global em mudança. Para este desiderato é de extrema importância que consiga eleger representantes no Parlamento Europeu nas próximas eleições que ocorrerão no mês de junho.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vai ganhar a Taça de Portugal?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas