MADEIRA Meteorologia

População incrédula com homicídio no Campanário

Data de publicação
04 Fevereiro 2024
11:38

Um homem, de 36 anos de idade, morreu este domingo num quadro de alegado homicídio que, de resto, a Polícia Judiciária (PJ), já investiga.

O alerta para as equipas de socorro, designadamente a EMIR e Bombeiros Mistos da Ribeira Brava e Ponta do Sol, foi dado pelas 02h30, dando conta de um homem que apresentava ferimentos perpetrados com recurso a uma arma branca. O homem veio a falecer e, a esta hora da manhã, no Campanário, onde o tema de conversa é este, a população não acredita no que se passou.

Sobre a vítima mortal, o JM sabe que se trata de um jovem que trabalhava na área da construção civil com o pai, e que era natural da freguesia.

Sobre o alegado agressor, é das zonas altas do Campanário, mas ninguém sabe precisar o que se passou. Certo é que as manchas de sangue são visíveis e a festa em honra de São Brás prossegue, mesmo com o crime aqui ao lado.

“Senti que houve uns gritos”, dizia-nos um popular que nem queria acreditar que pudesse ser um homicídio.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

O que se segue à demissão de Miguel Albuquerque?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas