MADEIRA Meteorologia

Ministro da Defesa de Israel considera desprezível mandado do Tribunal Penal Internacional

Data de publicação
21 Maio 2024
10:25

O ministro israelita da Defesa, Yoav Gallant, considerou desprezível o pedido do procurador do Tribunal Penal Internacional (TPI) sobre os mandados de captura contra ele próprio e o primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu.

“A tentativa do procurador do TPI, Karim Khan, de inverter a situação não vai ser bem sucedida. O paralelismo que estabeleceu entre a organização terrorista Hamas e o Estado de Israel é desprezível”, afirmou Gallant num comunicado de imprensa, referindo-se aos mandados de detenção também solicitados contra dirigentes do movimento palestiniano Hamas.

O procurador principal do Tribunal Penal Internacional, Karim Khan, acusou na segunda-feira o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, o ministro da Defesa, Yoav Gallant, e três dirigentes do Hamas - Yehya Sinwar, Mohammed Deif e Ismail Haniyeh - de crimes de guerra e crimes contra a humanidade na Faixa de Gaza e em Israel.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas