MADEIRA Meteorologia

Israel: Novas trocas de fogo na fronteira com o Líbano

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
31 Outubro 2023
16:03

O exército israelita acusou hoje milícias no sul do Líbano de dispararem mísseis antitanque contra dois postos militares israelitas, que responderam com ataques de artilharia numa nova troca de fogo na fronteira.

Um porta-voz militar israelita afirmou que as suas tropas "atacaram uma célula terrorista que planeava lançar mísseis antitanque em território israelita".

Depois dos alarmes de ataque aéreo terem sido ativados na comunidade fronteiriça de Metula, o exército indicou que houve dois lançamentos de projéteis falhados a partir do Líbano, aos quais respondeu com ataques de artilharia.

Estes incidentes seguem-se a uma série de ataques na manhã de hoje por aviões de guerra israelitas contra "infraestruturas terroristas" do grupo xiita libanês Hezbollah, incluindo "armas e postos militares", segundo um porta-voz militar israelita.

Desde 08 de outubro, um dia após o início da guerra entre Israel e o grupo islamita Hamas em Gaza, o Hezbollah e as tropas israelitas estão envolvidos em intensos tiros cruzados nas áreas fronteiriças, onde também há ações reivindicadas por fações palestinianas presentes em território libanês.

Os ataques do Líbano intensificaram-se desde sábado após a expansão das operações terrestres israelitas em Gaza na noite de sexta-feira, em paralelo com o pior bombardeio à Faixa Palestina desde o início da guerra no dia 07 de outubro.

A escalada de tensão na fronteira, a maior desde 2006, causou pelo menos 71 mortes: oito em Israel - sete soldados e um civil - e pelo menos 63 no Líbano, incluindo oito civis, entre eles um cinegrafista da agência Reuters, 49 membros do Hezbollah e seis membros de milícias palestinianas.

A crescente escalada levantou receios de que o Líbano se torne uma segunda frente na guerra de Israel contra o Hamas, algo que o governo libanês está a tentar evitar com contactos nacionais e internacionais.

O líder do Hezbollah, Hassan Nasrallah, fará o seu primeiro discurso desde o início da onda de violência na sexta-feira, discursos que geralmente são transmitidos na televisão e em telas gigantes durante eventos organizados pelo partido xiita.

O movimento islamita Hamas, classificado como terrorista pela União Europeia e Estados Unidos, lançou em 07 de outubro um ataque surpresa contra o sul de Israel com o lançamento de milhares de foguetes e a incursão de milicianos armados que assassinaram 1.400 pessoas, e fizeram mais de duas centenas de reféns.

Após este ataque, Israel declarou guerra ao Hamas, que controla a Faixa de Gaza desde 2007, bombardeando várias infraestruturas do grupo na Faixa de Gaza e impôs um cerco total ao território com corte de abastecimento de água, combustível e eletricidade.

Lusa

OPINIÃO EM DESTAQUE
Coordenadora do Centro de Estudos de Bioética – Pólo Madeira
11/04/2024 08:00

A finitude da vida é um tema que nos confronta com a essência da nossa existência, levando-nos a refletir sobre o significado e o propósito da nossa passagem...

Ver todos os artigos

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas