MADEIRA Meteorologia

Irmã de número dois do Hamas foi acusada de financiar terrorismo

Data de publicação
19 Fevereiro 2024
14:10

As autoridades israelitas acusaram hoje de financiar o terrorismo uma irmã do falecido número dois da ala política do grupo islamita Hamas, Salé al Aruri, que morreu num atentado do Exército israelita no Líbano, em janeiro.

Dalal al Aruri, 52 anos, foi detida em janeiro, juntamente com a irmã Fátima, numa série de ataques realizados pelas forças israelitas nas cidades de Arura e Al Biré, na Cisjordânia, ambas localizadas ao norte de Ramallah, de acordo com uma notícia do jornal The Times of Israel.

A polícia Israelita afirma que Dalal al Aruri ajudou a entregar fundos ao seu irmão em múltiplas ocasiões e que divulgou mensagens a incitar a um ataque massivo, no passado dia 07 de outubro, data dos ataques perpetrados pelo grupo islamita contra Israel.

Al Aruri morreu juntamente com vários altos funcionários do braço armado do Hamas, as Brigadas Ezzeldin al Qassam, num atentado bombista realizado por Israel em Beirute, que levou a protestos das autoridades libanesas e a um aumento de intensidade nos combates entre o Exército israelita e o partido da milícia xiita Hezbollah, apoiado pelo Irão.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas