MADEIRA Meteorologia

Hezbollah reivindica sete ataques contra posições militares israelitas no norte de Israel

Data de publicação
25 Maio 2024
21:29

O Hezbollah reivindicou hoje a autoria de sete ataques contra posições militares no norte de Israel, em mais um dia de violência na fronteira, no qual o exército israelita atacou também várias aldeias no sul do Líbano.

A formação armada do grupo xiita libanês, aliado do Irão, afirmou, numa série de declarações, que uma das suas ações incluiu o disparo de mísseis guiados antitanque contra um blindado israelita “Merkava”, que foi atingido “diretamente” quando disparava contra o território libanês a partir do outro lado da fronteira.

O Hezbollah também reivindicou a responsabilidade por ataques a um quartel em Zarait, que envolveram mísseis teleguiados e projéteis de artilharia, bem como pelo cerco de Zabdin, nas disputadas Quintas de Chebaa.

O grupo xiita afirmou que as suas ações foram uma resposta aos ataques israelitas das últimas semanas, que causaram vítimas civis no sul do Líbano, atingindo “aldeias e residências civis” do país mediterrânico.

A última ação israelita que envolveu vítimas civis ocorreu na quarta-feira, quando um ataque de um drone numa estrada no sul do Líbano matou o condutor de um carro e feriu três estudantes numa carrinha escolar, informou na altura a Agência Nacional de Notícias libanesa (ANN).

Israel e o Hezbollah estão envolvidos há mais de sete meses nos confrontos mais intensos desde a guerra de 2006, num fogo cruzado que se desenrola no contexto da guerra na Faixa de Gaza.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas