Banco Montepio passa de prejuízos para lucros de 23,3 ME no 1.º semestre

Lusa

O Banco Montepio obteve resultados líquidos consolidados positivos de 23,3 milhões de euros na primeira metade do ano, contra prejuízos de 33,0 milhões de euros no mesmo período de 2021, foi hoje anunciado.

Num comunicado hoje divulgado, o Banco Montepio refere que os resultados evidenciam "o progresso registado pelo produto bancário, com destaque para a margem financeira e para as comissões, pela redução dos custos operacionais, bem como pelas menores dotações para imparidades e provisões, em particular as relacionadas com o risco de crédito".

O produto bancário 'core', correspondente ao agregado da margem financeira e das comissões, evoluiu favoravelmente entre o primeiro semestre de 2021 e o de 2022 ao registar uma variação positiva de 6,5%, adianta.

O crédito a clientes (líquido de imparidades) totalizou 11.921 milhões de euros no final de junho de 2022, mais 253 milhões de euros ou 2,2% face ao valor registado no final de 2021.

Os depósitos de clientes ascenderam a 13.036 milhões de euros em 30 de junho de 2022, representando um aumento de 249 milhões de euros ou 1,9% relativamente ao valor de 12.787 milhões de euros contabilizado no final de 2021, com o segmento de particulares a representar 73% do total.