"Tudo o que sou hoje devo à Madeira"

Marco Vasconcelos avança para a sua quinta participação olímpica, a segunda enquanto treinador do Brasil. Em declarações ao JM, reconhece a evolução “muito boa” do badminton brasileiro, que só se qualificou para os Jogos Olímpicos sob a sua orientação, e mostra-se grato aos “apoios que a Madeira, na altura, dava ao desporto”, que o catapultaram para o desporto internacional.

A Capa Desportiva do seu JM destaca ainda o automobilismo. Bernardo Sousa confirma presença no RVM. Piloto madeirense reconhece que “será muito difícil” lutar pelo pódio face à concorrência de “cinco Skodas dos mais recentes”. “Mas não é impossível”, avisa.

No karting, trio madeirense evolui no Troféu Rotax em Braga.

No futebol, Velázquez está “muito satisfeito” com o novo Marítimo. O treinador dos verde-rubros enaltece a união de um grupo que sofreu uma autêntica revolução e classifica o estágio como “muito positivo”. No final, a equipa venceu quatro jogos e perdeu apenas um.

NA II Liga, Nacional já conhece horários das primeiras quatro ‘batalhas’.