MADEIRA Meteorologia

Fátima Pinto considera que Coreia do Sul permitirá “experimentar coisas novas”

Data de publicação
24 Fevereiro 2024
23:24

A internacional Fátima Pinto considerou hoje que a Coreia do Sul, que defronta a seleção portuguesa feminina de futebol na terça-feira, permite “experimentar coisas novas” no decurso do estágio de preparação que a equipa realiza.

A médio, internacional por 111 ocasiões por Portugal, não poupou nos elogios à congénere sul-coreana, sobre a qual recordou o surpreendente resultado que conseguiu no recente Campeonato do Mundo, travando a Alemanha.

“Será um grande desafio para nós, a Coreia do Sul é uma grande equipa, fez um bom Mundial, conseguiu empatar com a Alemanha, que é uma potência mundial, e para nós vai ser um desafio interessante, para podermos experimentar coisas novas”, anteviu a jogadora portuguesa.

Fátima Pinto considera que, acima de tudo, a seleção portuguesa feminina poderá testar diversas situações e encarar dificuldades causadas por um opositor de reconhecida qualidade.

“É claro que precisamos sempre de adversários acima de nós, porque nos trazem outro tipo de dificuldades, e a Coreia do Sul vai ser um deles, é uma equipa muito técnica e organizada e acho que vai ser um desafio muito interessante para nós”, afirmou.

A jogadora de 29 anos juntou-se na véspera aos trabalhos de Portugal, integrando um grupo de atletas que não defrontaram a República Checa e vão, no jogo de preparação ante a Coreia do Sul, dar seguimento à sua preparação para a fase de qualificação para o Euro2025 feminino, que terá início nas próximas semanas.

A jogadora do Sporting manifestou a sua satisfação por receber novas jogadoras na equipa nacional, sendo que três delas já efetuaram a sua estreia no embate frente à República Checa (vitória lusa por 3-1) e outras deverão ter semelhante oportunidade na partida ante o conjunto sul-coreano, na terça-feira.

“Temos um processo na seleção já de há muitos anos e o que posso fazer, como uma jogadora que já cá está há algum tempo, é tentar integrá-las ao máximo”, sustentou, apostada em continuar a contribuir para o coletivo.

Como uma das ‘centenárias’ em termos de internacionalizações já concretizadas, Fátima Pinto representa a seleção nacional há mais de uma década, tendo assistido – e participado – na evolução que Portugal tem conhecido.

“Houve uma evolução nesta seleção nestes dez anos, sem dúvida alguma. O professor Francisco Neto completará este ano dez anos connosco, e houve uma diferença enorme. Antes, tínhamos grande dificuldade em competir com equipas acima de nós no ranking”, recordou a internacional portuguesa.

Portugal cumpre um estágio na Cidade do Futebol, em Oeiras, que integra dois jogos, tendo já derrotado a República Checa (3-1), no Estádio António Coimbra da Mota, no Estoril, palco no qual irá defrontar no 27 de fevereiro, terça-feira, pelas 18:15 horas, a Coreia do Sul.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas