MADEIRA Meteorologia

Papa Francisco demite Frederico Cunha do estado clerical

Data de publicação
29 Fevereiro 2024
15:07

O site da Diocese do Funchal informa que o Papa Francisco decretou “a demissão do estado clerical do Senhor Frederico Marcos da Cunha”. Merece relevo ainda a circunstância de o ter “dispensado das obrigações do celibato”.

“Uma vez que o paradeiro do Senhor Frederico Cunha é desconhecido, o Dicastério para a Doutrina da Fé mandou que se tornasse pública a decisão do Santo Padre no Site Oficial da Diocese, o que agora se realiza”, é adiantado por parte da Diocese.

Recorde-se que Frederico Cunha fugiu para o Brasil em abril de 1998 no âmbito de uma saída precária da cadeia de Vale de Judeus, onde se encontrava a cumprir pena (de 13 anos de prisão), pelos crimes de homicídio e abuso sexual de crianças e adolescentes. Só chegou a cumprir seis anos de prisão.

O ‘padre Frederico’, como ainda é conhecido pelos madeirenses, foi secretário do bispo emérito do Funchal, D. Teodoro Faria.

Frederico Cunha, de nacionalidade brasileira, ficou ligado ao caso da morte de um jovem na freguesia do Caniçal, Luís Miguel Correia, de 15 anos, caso que chocou a população madeirense a 1 de maio de 1992.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Qual o seu grau de satisfação com a liberdade que o 25 de Abril trouxe para os madeirenses?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas