MADEIRA Meteorologia

Jornada Mundial da Juventude, sinodalidade e abusos na Igreja são temas para a visita dos bispos ao Vaticano

Data de publicação
20 Maio 2024
10:16

O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) afirmou hoje que a visita “Ad Limina” é uma ocasião de agradecer ao Papa a presença na Jornada Mundial da Juventude e uma oportunidade para dialogar sobre a sinodalidade e os abusos na Igreja.

Numa mensagem vídeo, gravada na Praça de São Pedro no início da visita “Ad Limina”, D. José Ornelas afirmou que os bispos querem agradecer o “entusiasmo” que o Papa levou a Portugal, o “sentido vivo da Igreja, não só em Portugal, mas no mundo”.

“Temos esta experiência através de um milhão e meio de jovens que estiveram connosco, que partilharam a nossa vida, mas que também quiseram partilhar connosco a vida deles. Este é o dinamismo da Igreja que nós vimos aqui trazer”, afirmou.

O presidente da CEP afirmou também que a “questão dos abusos na Igreja” vai estar também em debate durante a visita “Ad Limina”.

“É uma questão dolorosa, mas faz parte da nossa vida, e não nos deixa simplesmente a chorar ou a lamentar, a pedir perdão, necessariamente”, disse D. José Ornelas, apontando para um “um futuro melhor” a criar com o trabalho desenvolvido pela CEP, nomeadamente o Grupo Vita, a trabalhar há um ano.

D. José Ornelas afirmou que é necessário fazer caminho “no sentido da justiça e da dignidade de cada pessoa humana, e particularmente daqueles que são mais frágeis, as crianças, as pessoas com particulares debilidades”.

O também bispo de Leiria-Fátima lembrou que os bispos estão em Roma “para partilhar, para escutar” e para comunicar o que tem sido a “experiência sinodal nestes tempos”.

“Somos peregrinos, não vimos simplesmente prestar contas, como vi em alguns títulos dos jornais, porque isto não se trata de uma multinacional que vem reunir os seus departamentos no mundo, mas é uma reunião de irmãos, uma reunião onde nós estamos, de facto, a viver juntos e a caminhar juntos para construir a Igreja de hoje e de amanhã”, disse D. José Ornelas.

No primeiro dia da visita Ad Limina, os bispos de Portugal vão reunir com os responsáveis da Secretaria Geral para o Sínodo, o Dicastério para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica e a 1.ª Secção do Dicastério para a Evangelização.

De acordo com o Gabinete de Comunicação da CEP, participam na visita “Ad Limina” 29 bispos da Conferência Episcopal Portuguesa, 20 bispos diocesanos, 5 bispos auxiliares, o bispo eleito de Beja e 2 bispos eméritos.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas