MADEIRA Meteorologia

SPM: "Que se avance logo de imediato" para os testes noutros concelhos

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
05 Janeiro 2021
12:16

Reconhecendo a prioridade de testar o pessoal docente e não docente dos quatro concelhos classificados como de elevado risco de transmissão do coronavírus na Região, o Sindicato dos Professores da Madeira espera que, concluídas as testagens no Funchal, Câmara de Lobos, Ribeira Brava e Porto Santo, "se avance logo de imediato" para os outros concelhos.

Francisco Oliveira espera que a testagem seja feita, logo que possível, nos concelhos que ameaçam evoluir para uma situação de risco elevado. "Sendo a ilha da Madeira relativamente pequena e residindo tantos profissionais no Funchal que vão para toda a ilha, não faz sentido estarmos apenas a testar em função do local de trabalho". Assim, e depois dos testes nos municípios com um quadro sanitário pior, e atendendo à mobilidade dos docentes e não docentes pela ilha, "seria de todo recomendável que logo que se acabasse a testagem nestes concelhos se avance para os outros".

O dirigente do SPM reafirmou a necessidade de testagem nos alunos, "que apresentam maior probabilidade de circular sem sintomas e podem propagar mais facilmente o vírus".

No seu entender, e já anunciado por Jorge carvalho que os estudantes não serão testados, Francisco Oliveira critica os argumentos apresentados pela tutela, sublinhando que "nós aceitamos que se diga que não há dinheiro, aceitamos que a razão seja financeira. Mas não aceitamos que se tente dizer que as razões são outras, que não se justifica testar os alunos. Não se inventem razões".

Paula Abreu

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas