MADEIRA Meteorologia

Ricardo Franco nega corte de apoio aos idosos para medicamentos

Data de publicação
18 Fevereiro 2024
19:42

O presidente da Câmara Municipal de Machico acusa a vereação PSD de “falta de honestidade política”, relativamente a um alegado corte de apoio aos idosos para medicação denunciado pelos social-democratas, publicado pelo JM Online.

Segundo Ricardo Franco, em nota enviado ao Jornal, “a Câmara Municipal não só não cortou o apoio aos medicamentos como aumentou a sua comparticipação junto da rede solidária do medicamento, passando de 100€ para 135€ por beneficiário”.

“Como é do conhecimento público, a autarquia tem um protocolo de colaboração com a Associação Dignitude - Rede Solidária do Medicamento que prevê a atribuição de medicamentos a pessoas que se encontrem em situação de doença crónica e insuficiência financeira. A esta associação compete a definição de critérios para atribuição do apoio, que, foram alterados em 2023, no sentido de uniformizar os procedimentos com todos os municípios aderentes a esta rede. É portanto, completamente FALSO, que a câmara tenha cortado os apoios aos medicamentos!”, sublinha o presidente eleito pelo PS.

Ricardo Franco acrescenta que “os critérios foram alterados pela Dignitude e foi dado conhecimento aos vereadores do PSD em sede de reunião de câmara”, pelo que, considera “estranho este posicionamento, por parte do PSD”, uma vez que a alteração ao protocolo “foi aprovada em reunião de câmara”.

“Desde essa altura, todos os apoios têm sido deliberados na presença dos vereadores do PSD (e o PSD nunca votou contra). Estamos cientes que há um universo de beneficiários cujas candidaturas não são aprovadas, por isso, a Câmara Municipal de Machico através do seu Gabinete de Apoio Social está a preparar uma alteração ao Regulamento de Apoio Social (que será apresentada brevemente) a fim de criar um CARTÃO DE SAÚDE exclusivamente municipal para dar resposta a situações não abrangidas pelo cartão Abem”, acrescenta.

O autarca considera a atitude do PSD “uma hipocrisia gritante e uma tentativa de obter dividendos políticos enganando a população de Machico, ao afirmar-se que não há sensibilidade social para com os idosos, sobretudo porque, no passado (tempos idos da governação PSD), nunca houve uma única medida no sentido de conferir dignidade e qualidade de vida aos nossos séniores”.

“Questionamos, por isso, o PSD a explicar quem atribuiu pela primeira vez o apoio na aquisição de medicamentos, a atribuição de ajudas técnicas (camas articuladas, cadeiras de rodas, andarilhos...) de bens de primeira necessidade, de apoio psicológico, de formação para cuidadores informais, entre outros?”, conclui assim Ricardo Franco a sua missiva.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Qual o seu grau de satisfação com a liberdade que o 25 de Abril trouxe para os madeirenses?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas