MADEIRA Meteorologia

PAN defende agricultura “resiliente, moderna e próxima às pessoas”

Data de publicação
14 Maio 2024
11:45

O PAN Madeira, através da candidatura ‘Força da Natureza’, encabeçada por Mónica Freitas esteve esta manhã em Santana para falar de Agricultura e dos seus desafios.

O PAN volta a chamar a atenção para o quão “importante” o setor da agricultura é, o setor primário que, como o próprio nome indica, está “na base de tudo o resto”. “É urgente criar mecanismos que permitam uma agricultura de maior precisão, moderna, tendencialmente biológica, mas que responda aos desafios das alterações climáticas e do êxodo rural. É urgente pensar numa fruticultura, horticultura e numa floricultura que preserve e que defenda o que é nosso, mas que possa, efetivamente, responder às necessidades das populações, importando e poluindo menos, gastando menos água e com utilização de técnicas e valências locais. É crucial abandonar métodos antigos que já não fazem sentido como as queimadas excessivas e a rega por alagamento e por a tecnologia ao serviço da Agricultura”, referiu o PAN, no âmbito desta iniciativa.

“Não se pode vir a público defender a agricultura e os agricultores sem entender, verdadeiramente, os desafios do setor e compreender o que está diferente. Viemos à terra, viemos ouvir as e os profissionais que todos os dias dão de si para alimentar a região e que merecem ver uma melhoria na sua qualidade de vida e uma melhoria no setor que amam. A agricultura, como uma semente que demora a crescer, precisa de trabalho de fundo e ser pensada já, mas para as décadas que aí vêm e o PAN MADEIRA é o único partido a pensar dessa forma. Temos de olhar para a agricultura em duas vertentes também. A comercial e a familiar e ambas têm de ser ajudadas a crescer de forma sustentável e proveitosa”, afirmou a deputada do PAN Madeira, Mónica Freitas

O PAN Madeira defende “a criação de bonificações para os agricultores que transitem para o regime biológico e que adotem práticas mais amigas do ambiente sem comprometer a produção, defendendo também a maior aposta em mercados locais através do melhoramento da linha de contacto direto entre o produtor e o agente de venda, diminuindo os intermediários e podendo aumentar os rendimentos de quem produz”. Entre várias medidas, o PAN propõe também “a utilização dos terrenos públicos em altitude, altamente impactados por infestantes para experimentação agrícola e preservação de variedades afetadas pelas alterações climáticas.”

“O PAN Madeira está comprometido com Agricultura e a sua modernização e precisa de mais força para levar as suas propostas ao parlamento”, conclui o partido.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas