MADEIRA Meteorologia

Manuel António diz que Albuquerque “desuniu” o PSD no arranque do congresso

Alberto Pita

Jornalista

Data de publicação
20 Abril 2024
14:52

Durou apenas duas horas as palavras de pacificação de Manuel António Correia, no arranque do 19.º Congresso do PSD/Madeira, que está a decorrer no Centro de Congressos da Madeira.

Manuel António Correia não gostou das referências no discurso do presidente do PSD/M aos “ressabiados” do partido, e por isso acusou Albuquerque de causar divisão no partido, a um mês das eleições legislativas regionais.

“Vim para cá animadíssimo na tentativa de ajudar a encontrar condições”, mas “o Dr. Miguel Albuquerque com a sua intervenção e com as referências que fez, desuniu o partido”, disse aos jornalistas.

“Devo dizer que sou suficientemente adulto e tenho suficiente sentido de responsabilidade para não mudar a minha posição de fundo, relativamente ao partido, por causa disso. Porque esta é a posição que um presidente deve ter. E, pelos vistos, eu é que estou a agir como um presidente do PSD e não o presidente eleito, nas condições em que foi, que age como um responsável de uma facção”.

“Em vez de unir e de praticar a união, o presidente do partido está a tentar desunir e a praticar a desunião”, atirou.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

O presidente do Marítimo tem condições para continuar no cargo após agredir um adepto?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas