MADEIRA Meteorologia

Eduardo Jesus: "O mérito é a única forma de fazer evoluir uma sociedade"

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
23 Outubro 2023
16:16

O secretário regional de Turismo e Cultura, Eduardo Jesus, defendeu hoje que "se toda a sociedade se regesse por princípios como a meritocracia, com certeza estaríamos bastante mais avançados do que neste momento".

O governante discursava na entrega do Prémio de Arquitetura da Madeira e Porto Santo, cuja candidatura premiada foi a Galeria Lourdes, projeto liderado pelo arquiteto João Costa Nóbrega.

"Nós hoje temos aqui em evidência que o mérito é a única forma de fazer evoluir uma sociedade", sublinhou antes Eduardo Jesus, observando que "quando uma instituição como a ordem dos arquitetos se permite, no seu universo, que seja possível este escrutínio independente por colegas que estão reconhecidos e respeitados por toda a classe e dessa forma, através do prémio (...) estamos na presença de uma atitude que é invulgar".

Já em "tom mais descontraído", como fez questão de assinalar, o governante referiu que ficou "provado através deste prémio que afinal os engenheiros dão-se bem com os arquitetos", dado o "forte acompanhamento da engenahria", tendo aproveitado afirmação para lançar um "convite a quem ainda não conhece a Galeria Lourde para o fazer muito rapidamente".

"Porque para além do edifício que, de forma magistral, o João [Costa Nóbrega] conseguiu ali implementar, vão poder visitar uma exposição do modernismo brasileiro, que é hiper em Portugal, para além de outro conjunto de obras de diversos, mas notáveis, artistas internacionais que o sr. eng.º Aurélio Tavares teve o atrevimento de trazer até esta terra", lembrou para justificar o convite.

"Sinto-me satisfeito por ter vencido face a propostas também muito boas, como a do segundo lugar [Menção Honrosa ao hotel Socalco Nature, um trabalho da MSB Arquiteto], que ficou muito próxima em termos de pontuação do júri", disse, por seu turno João Costa Nóbrega, em declarações ao JM.

"É gratificante obter este reconhecimento pelo projeto, mas como todos os projetos, é um trabalho de equipa, salientando todos os engenheiros que participaram e também o dono da obra, que teve e tem sempre um papel fundamental para que a obra acabe bem e com a coerência que se pretende", acrescentou.

O Professor Arquiteto Michel Toussaint, presidente do júri, afirmou que o trabalho dos jurados "foi simples", muito por força da clareza dos regulamentos quanto à forma como se devia trabalhar na avaliação dos projetos.

"Penso que todos os membros do júri trabalharam fluentemente. Pensaram por si próprios, evidentemente. Mas o resultado foi, parece-me a mim, um excelente resultado no sentido de o valor dos dois premiados foi claro, finalmente, na opinião generalizada", disse.

Refira-se que o prémio hoje entregue é promovido pela a Secretaria Regional do Turismo e Cultura, através da Direção Regional da Cultura e a Secção Regional da Madeira da Ordem dos Arquitetos.

Raul Caires

OPINIÃO EM DESTAQUE
Coordenadora do Centro de Estudos de Bioética – Pólo Madeira
11/04/2024 08:00

A finitude da vida é um tema que nos confronta com a essência da nossa existência, levando-nos a refletir sobre o significado e o propósito da nossa passagem...

Ver todos os artigos

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas