MADEIRA Meteorologia

CDU pede garantias do direito ao desenvolvimento da Região

Data de publicação
17 Fevereiro 2024
18:00

Foi um pedido de que seja garantido à Região o direito ao desenvolvimento que a CDU levou hoje às ruas, na sua iniciativa no Garachico.

Esta prioridade foi enaltecida por Marco Fernandes, o qual, tendo em mente os problemas que penalizavam várias zonas do arquipélago, frisou que “a negação de direitos ambientais, o desrespeito dos direitos sociais e económicos é uma realidade geradora de profundas desigualdades”.

”Existem sérios obstáculos ao desenvolvimento. Quando a população nem tem saneamento básico, quando os esgotos correm a céu aberto junto às habitações, isto, para além do gravíssimo problema de saúde pública, para além de ser um vergonhoso problema ambiental, é a negação de direitos fundamentais. O que está em causa é a negação do direito ao desenvolvimento”, reiterou.

Segundo o candidato da CDU, “para promover o direito ao desenvolvimento, os governantes não podem continuar a desviar o investimento público para outras áreas quando nestes lugares falta aquilo que é básico para uma vida minimamente digna para o povo que aqui vive”.

De acordo com Marco Fernandes, “quer o PS no governo da República, quer o PSD/CDS na Madeira, deixam nas margens milhares de pessoas a quem o bem-estar é repetidamente negado”.

“Os governantes, em vez do incrementar do bem-estar de toda a população, deixam para trás uma multidão a quem é negada a justa distribuição dos dinheiros públicos”, acusou ainda.

Assim sendo, para a CDU, “é prioritário estabelecer circunstâncias propícias para o desenvolvimento de grande parte do povo a quem são negados direitos fundamentais”.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas