MADEIRA Meteorologia

CDU denuncia “desigualdades sociais” agravadas devido a falta de habitação

Data de publicação
15 Maio 2024
18:35

A CDU desenvolveu hoje iniciativas de campanha eleitoral em bairros sociais, tendo realizado uma intervenção no Bairro de Santa Maria, no Funchal, onde foram colocadas placas nas habitações públicas que estão ao abandono, colocando os dizeres “aqui podia viver gente!”.

Na sua intervenção, Edgar Silva disse que “é motivo de escândalo verificar tanta habitação pública fechada, quando tanta gente precisa urgentemente de um alojamento”.

De acordo com Edgar Silva, “aqui e em tantos outros bairros existem casas fechadas. Isto é criminoso. Enquanto milhares de famílias estão numa longa lista de espera para um arrendamento social”.

Disse ainda Edgar Silva que “isto que se passa com as casas devolutas, também acontece, em muito maior escala, no que se refere a terrenos que são propriedade pública e que estão, há anos, sem qualquer uso”.

Para a CDU, “a urgência habitacional é uma prioridade, sem a qual, na Madeira e no Porto Santo, as desigualdades sociais continuarão a aumentar”.

Segundo Edgar Silva, “a extrema diferença social e a desigualdade precisam de uma ambiciosa resposta habitacional. Essa é uma condição para um novo desenvolvimento regional”.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vai ganhar a Taça de Portugal?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas