MADEIRA Meteorologia

CDS quer antecipar idade da reforma em dois anos na Madeira

Alberto Pita

Jornalista

Data de publicação
04 Maio 2024
16:26

O cabeça de lista do CDS-PP/M às eleições legislativas regionais, José Manuel Rodrigues, disse hoje ser “crucial” que a idade da reforma na Madeira seja ajustada à esperança média de vida na Região, que é dois anos inferior à média nacional. “A esperança média de vida na Madeira é inferior em dois anos à esperança média do país. Assim sendo, também a idade da reforma deve ser antecipada em dois anos para quem desconta na Região. Esta é uma proposta que o CDS-PP propõe levar adiante, se tiver influência nas políticas públicas da Região Autónoma da Madeira”, concluiu.

A proposta foi defendida hoje, na freguesia do Paul do Mar, durante um encontro com candidatos, militantes e simpatizantes do partido num almoço convívio.

“Este convívio entre os candidatos do CDS-PP às eleições legislativas regionais de 26 de maio, serviu para trocarmos impressões sobre a realidade social e económica da nossa Região”, referiu o cabeça de lista.

José Manuel Rodrigues afirmou também que a realidade económica da Região Autónoma da Madeira “é boa”, mas “há pouco desenvolvimento social”.

Neste sentido, avançou que há “73 mil pobres na Madeira, sendo que 13 mil são reformados com baixas pensões e, destes 73 mil pobres, 19 mil são trabalhadores que trabalham o mês inteiro e aquilo que recebem de ordenado não dá para pagar as suas despesas básicas mensais”.

O CDS-PP propõe que na próxima legislatura haja um acordo na concertação social para subir os salários médios na Madeira para a média nacional.

“Propomos atuar no sentido de haver um salário base para os jovens licenciados que entrem no mercado de trabalho; propomos atuar, não só na subida dos salários, mas também no desagravamento fiscal. E, neste sentido, queremos reduzir o IVA de forma gradual, 7,5% ao ano, em cada um dos anos da legislatura (4 anos), para dar os 30% estipulados na Lei de Finanças das Regiões Autónomas, bem como reduzir o IRS até ao oitavo escalão em cerca de 30%.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas