MADEIRA Meteorologia

ADN contra “qualquer fórmula” de privatização da água

Data de publicação
03 Maio 2024
13:02

A Alternativa Democrática Nacional afirmou, em comunicado, ser contra qualquer fórmula de privatização da água e manifestou opor-se a medidas em que os utilizadores tenham de pagar taxas para compensar os desperdícios da água nas redes.

“Face à evolução no sentido da consagração Mundial do direito humano à água, em doses mínimas fixadas pela OMS (Organização Mundial de Saúde), há que interditar que se possa suspender o serviço de abastecimento de água a uma família por razoes económicas, quando os recursos familiares não permitam cobrir o seu custo. A nossa Constituição Portuguesa, embora sem consagração expressa de tal forma, aceita-o e integra-o sem mais, na medida em que a sociedade internacional o afirme, dado que ela manda integrar todos os direitos fundamentais humanos”, começou por referir Miguel Pita, candidato.

O partido defende que os serviços de água e saneamento têm de ser fornecidos a todos a preços razoáveis, embora tal não dispense os utilizadores de contribuir, financeiramente ou de outra forma, de acordo com as suas possibilidades.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas