MADEIRA Meteorologia

"Queremos sempre mais para a Calheta, é assim que estamos na política",

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
29 Julho 2021
14:02

A candidatura do PSD "100% Calheta" entregou, hoje, no Tribunal da Ponta do Sol, a sua Lista de candidatos aos diferentes órgãos locais que concorrem às próximas Eleições Autárquicas.

Uma Lista que, conforme destaca o candidato do PSD à Presidência da Câmara Municipal, Carlos Teles, integra uma vasta equipa de gente competente, capaz e motivada para continuar a trabalhar em nome do concelho e de toda a sua população, cientes do muito que já foi feito nos últimos oito anos, mas também convictos de que é sempre possível fazer mais e melhor.

"Temos consciência que já fizemos muito pelo concelho da Calheta, mas sabemos que é preciso fazer mais. Queremos sempre mais para a nossa terra, é assim que estamos na política", frisou.

No total, conforme destaca o candidato, esta Lista integra 188 pessoas, apresenta muita juventude e renovação e se destaca por incluir 44,7% elementos do sexo feminino, acima do que é exigível por lei. "Temos listas completas às oito Juntas de Freguesia e também à Assembleia Municipal, com todos os candidatos efetivos e suplentes", vincou, a este propósito, fazendo questão de sublinhar a aposta nos mais jovens e a importância de incluí-los na vida política e na construção do projeto que apresenta.

"Temos uma vasta equipa, chegamos a todo o concelho, desde a Ponta do Pargo ao Arco da Calheta e estamos confiantes, porque, embora respeitando todas as candidaturas, acreditamos que temos a melhor equipa e o melhor projeto para o futuro da Calheta", afirmou, na ocasião, Carlos Teles, adiantando que, neste momento, o Manifesto Eleitoral a apresentar aos Calhetenses já está elaborado e que os próximos quatro anos serão de consolidação de todo o trabalho que já foi feito mas, também, de novas apostas, especialmente nos mais jovens.

"Queremos chegar a todas as áreas e longe vão os tempos em que uma autarquia servia só para pequenos caminhos e pequenas veredas. Hoje, uma Câmara tem de ter outra abrangência, tem de ter uma estratégia transversal, tem de chegar à educação, à área social, às finanças, à economia, ao turismo e a todos os setores da sociedade e é essa a postura que temos", assegurou o candidato que, embora assumindo a área social como prioritária, garante que o seu projeto está, também, virado para as necessidades do futuro e da construção de um Município que conte com a juventude.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas