MADEIRA Meteorologia

Artigo de Opinião

Cônsul Honorária de Cabo Verde na Madeira

17/06/2024 04:00

Foram já tantas as provas ao longo dos tempos de que o povo, unido, tem uma força que por vezes descuramos... mas depois surgem situações pontuais que nos relembram essa mesma força. Exemplo disso foi uma situação tão simples como o povo madeirense se unir em prol de sorrisos. Sorrisos das crianças. Esse foi o objetivo da recente campanha solidária promovida na região para levar sorrisos a Cabo Verde escolhendo para tal, uma data tão importante: o Dia Mundial da Criança. Em apenas duas tardes, foram entregues 25 toneladas nos armazéns da Logislink! Entre brinquedos, roupas, livros infantis e material escolar. “Juntos por sorrisos” foi o nome atribuído. Uma mega operação resultante da fraternidade, empatia e amizade por Cabo Verde e pelas crianças. E essa união levou sorrisos e esperança num amanhã melhor a centenas. Há algo mais bonito?

Manifestação clara de união, e de que “a união faz a força”, “juntos somos mais fortes”, “o povo é quem mais ordena”. Esta é uma força que não pode ser postergada, desrespeitada. Juntos, somos capazes de coisas incríveis! E o povo madeirense já demonstrou essa força variadíssimas vezes; já deu provas de que sabe que rumo quer tomar, o que quer e o que não quer para o seu futuro.

A título de exemplo, foi novamente chamado às urnas e foi muito claro, dando uma resposta inequívoca.

Povo sedento de dar continuidade aos seus projetos de desenvolvimento, de crescer, de prosperar.

Em momentos de instabilidade, abrem-se portas à reflexão... A voz do povo tem de ser reconhecida e considerada.

Cenários de incerteza comprometem a confiança dos cidadãos. Por vezes, somos colocados à prova pelos mais variados desafios, é certo. Mais certo ainda é que tudo tem se tornado exequível; execução essa possível pela resiliência, união, coesão.

É imperativo que se estabeleçam pontes e que trabalhemos em conjunto nesse sentido, todos com o mesmo objetivo, sem olhar a cores, raças, ideologias, cor política... por vezes não se trata apenas de dar resposta à vontade popular, mas sim também um passo crucial para assegurar a continuidade de projetos vitais para o desenvolvimento sustentável e o bem-estar de toda a comunidade; comunidade essa que se fez ouvir. Tal compromisso é essencial para a estabilidade e o progresso de qualquer região, especialmente em tempos de incerteza global.

Será que já não nos chega os conflitos geopolíticos, vividos um pouco por todo o planeta? Não será tempo de união em prol dos verdadeiros interesses de uma região? Não é tempo de mesquinhices... é tempo de (e reforço!) coesão, de olhar o futuro com a resiliência que nos tem caracterizado perante tantas adversidades com que temos sido postos à prova e, ainda assim, apresentado respostas à altura. Deixem-nos seguir. Deixem-nos sorrir!

Susana Gramilho escreve à segunda-feira, de 4 em 4 semanas.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Há condições para o Orçamento da Região ser aprovado esta semana?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas