MADEIRA Meteorologia

Artigo de Opinião

Médico-Dentista

7/01/2024 08:00

A expressão não é minha, mas, ao invés do gasto, impessoal e hipócrita “Bom Ano”, prefiro deixar-vos esse conselho. Ainda que não mo tenham pedido, eu sei... Porém, na base da amizade que nos une, sinto-me no dever/direito de querer o vosso bem. Até porque vocês nunca me fizeram mal... E é bom que assim tudo continue. Caso contrário, é bem possível que venha a doer, mas é mais.

Ameaças e conselhos à parte, foquemo-nos no essencial. O ano mudou, é um facto. Mas, vendo bem as coisas, não mudou mais nada. Os meses vão ser os mesmos. E os dias, à excepção de lhes acrescentarmos um, continuarão também idênticos.

Quem tinha dívidas, continua a tê-las. Quem não tinha, não fique invejoso. O mais certo é, pelo menos a ver pelo escal(d)ar dos preços, passar a ter...

Quem estava doente? Provavelmente continua. Mente insana em corpo insano é o que está a dar. E até os que se julgam de saúdinha, não se devem gabar da sorte. O que não falta por aí é bicharada pronta a atacar.

Já quem engordou na festa, a não ser que vá ao Dr. Baptista ou se enfie num ginásio de manhã à noite, vai permanecer “inchado”. Não há milagres. É a vida...

O que também não mudou foi o “modus operandi” dos senhores do Governo. A toda e qualquer trafulhada que lhes seja imputada, aprestam-se logo com a desculpa de que não tinham conhecimento de nada. Quando confrontados com provas de que afinal sabiam, afirmam que não se lembravam. Conforme se vão apurando e destapando os factos, a memória vai melhorando. Vão tendo umas luzes... Umas ideias vagas. Leves recordações. Quando a verdade está escancarada então, por vezes e quase por milagre, surgem as detalhadas versões dos seus intervenientes. Não raras vezes, não só não coincidem como ainda se contradizem. Acusam, numa tentativa de sacudir a falta de vergonha do capote, se preciso for, até os seus pares.

Foi assim com a TAP. Foi assim com a Start Campus. Foi assim com o caso das gémeas. E voltou a ser assim com os CTT. Pois é, se já nos anteriores imbróglios a fotografia dos intervenientes ficou meia desfocada, a lente parece-me começar a estar prestes a “dar o berro”.

Desta feita, foi o Governo (começa sempre assim, em abstrato) que decidiu comprar ações dos CTT, empresa essa que tinha sido privatizada em 2013. Até aqui, pouco ou nada de anormal. O problema é que, segundo parece, a compra foi feita em segredo e apenas o Bloco de Esquerda e o PCP souberam do arranjinho. Curiosamente os mesmos que ajudaram a viabilizar o Orçamento de Estado de então. Coincidências dos diabos.

O engraçado é que nesta última embrulhada, inicialmente Pedro Nuno Santos não quis falar, mas de seguida já se lembrou de tudo. Depois, Costa jurou a pés juntos que nunca tinha havido segredo, mas há um despacho a pedir confidencialidade. Enfim... Se isto não é mais do mesmo, vou ali e já volto! Mas também quais são as alternativas? Querem que se vote em março e a malta até nem se importa de fazer “horas extra”, mas o problema é só um. Em quem? Venha o diabo e escolha... O Monte é negro. O André, uma aventura. No fundo, por mais voltas que se dê, no dia 10 do 3, vamos todos sentir-nos colegas da Cicciolina. No fundo, bem lá no fundo, sabemos que vamos passar um mau bocado, mas não temos alternativa. Seja quem for, vai doer. Pelo sim, pelo não, o melhor é passar vaselina. É isso e aceitar...

Ps: para terminar, vamos fazer um jogo. Eu escrevo uma frase e vocês tentam adivinhar quem a proferiu. Então aqui vai: «Temos de estar bem orgulhosos dos últimos resultados do PISA». Está difícil? Eu ajudo. Foi dita no aniversário de uma escola e PISA refere-se a Programme for International Student Assessment. Não, não foi o Jorge Carvalho. Eu ajudo mais um pouco. Tentemos por aproximação. Se em vez de “resultados do PISA”, o senhor (mais uma dica) tivesse dito “resultados da piça”?

Bingo. Vêem como chegaram lá? Foi Miguel Albuquerque, pois claro! Quem mais poderia ser?!

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Qual o seu grau de satisfação com a liberdade que o 25 de Abril trouxe para os madeirenses?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas