MADEIRA Meteorologia

Depressão Celine afeta tempo no continente a partir da tarde de sábado e Madeira no domingo

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
28 Outubro 2023
9:31

A depressão Celine, associada a uma superfície frontal fria, vai afetar Portugal continental a partir da tarde de sábado, com precipitação persistente, por vezes forte e acompanhada de trovoada, principalmente no Minho e Douro Litoral, informou o IPMA.

De acordo com um comunicado do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a depressão Celine, que às 13:00 de sábado "deverá estar centrada a oeste das Ilhas Britânicas", irá condicionar, associada a uma superfície frontal fria, o estado do tempo em Portugal continental a partir da tarde.

"Prevê-se precipitação persistente, por vezes forte e ocasionalmente acompanhada de trovoada, em especial no Minho e Douro Litoral", lê-se no comunicado.

Segundo o IPMA, a partir da tarde de sábado, a "superfície frontal fria começará a deslocar-se para sul", originando "precipitação persistente, com aguaceiros por vezes fortes e acompanhados de trovoada, à região Centro durante o dia 29 [domingo] e à região Sul entre a tarde de dia 29 e o início da manhã do dia 30 [segunda-feira]".

Para sábado, o IPMA prevê também "rajadas de vento até 75 quilómetros/hora no litoral e nas terras altas, em especial da região Norte, e agitação marítima com ondas de noroeste até seis metros de altura significativa, que deverão diminuir gradualmente de altura a partir da tarde".

"Prevê-se que a depressão Celine terá um impacto, embora indireto, no estado do tempo no arquipélago da Madeira", referiu ainda o IPMA, informando que "a superfície frontal fria associada a esta depressão deverá atingir o arquipélago" no domingo, com "aguaceiros que deverão ser localmente fortes e persistentes".

Devido a esta situação meteorológica, foram emitidos avisos amarelo e laranja de precipitação, agitação marítima e vento, "aconselhando-se medidas de precaução de situações de vulnerabilidade ao estado do tempo, o acompanhamento das previsões meteorológicas e da atualização dos avisos".

Em termo de precipitação, o IPMA emitiu aviso laranja para os distritos de Braga, Porto e Viana do Castelo (entre as 09:00 de sábado e as 03:00 de domingo), devido a chuva persistente, e por vezes forte, que pode ser acompanhada de trovoada, antecedidos de aviso amarelo desde as 18:17 de hoje.

Avisos amarelos para precipitação foram também emitidos para os distritos de Aveiro, Coimbra, Viseu, Vila Real (das 15:00 de sábado às 12:00 de domingo), Bragança (18:00 de sábado às 03:00 de domingo), Castelo Branco, Lisboa, Leiria, Setúbal, Santarém (03:00 de domingo às 00:00 de segunda-feira), Beja, Évora, Faro e Portalegre (15:00 de domingo às 06:00 de segunda-feira).

Os avisos laranja para agitação marítima foram emitidos para os distritos de Aveiro, Braga, Coimbra, Leiria, Lisboa, Porto e Viana do Castelo (das 18:17 de hoje às 12:00 de sábado), devido a ondas de noroeste com cinco a seis metros, podendo atingir a altura máxima de 10 metros.

Para os distritos de Beja, Faro (das 18:17 de hoje às 18:00 de sábado), Setúbal (18:17 de hoje às 00:00 de domingo), Aveiro, Braga, Coimbra, Leiria, Lisboa, Porto e Viana do Castelo (12:00 de sábado- às 06:00 de domingo) foram emitidos avisos amarelos para agitação marítima, devido a ondas de noroeste com quatro a cinco metros.

Os avisos amarelos para vento foram emitidos para os distritos de Aveiro, Braga, Porto e Viana do Castelo, face à previsão de "vento de sudoeste com rajadas até 75 quilómetros/hora na faixa costeira e rajadas até 90 km/h nas terras altas".

Para o arquipélago da Madeira, o IPMA emitiu aviso laranja para chuva na costa Norte, costa Sul, Porto Santo e regiões montanhosas (das 09:00 às 18:00 de domingo), devido a "precipitação por vezes forte, que pode ser acompanhada de trovoada", antecedidos de avisos amarelos também devido a chuva, por vezes forte, a partir das 03:00 de domingo.

O aviso laranja é emitido pelo IPMA sempre que existe "situação meteorológica de risco moderado a elevado e o amarelo quando há uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

A Proteção Civil alertou hoje para possibilidade de inundações e cheias devido ao previsto agravamento da situação meteorológica no fim de semana, com especial incidência no Norte e Centro do continente.

Na sede da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), em Carnaxide, Oeiras, o comandante nacional, André Fernandes, revelou que foi elevado, até ao final de domingo, o estado de prontidão dos meios para o nível laranja em 16 sub-regiões da entidade, com especial incidência no Norte, no Centro e em Lisboa e Vale do Tejo do continente.

Segundo André Fernandes, a Agência Portuguesa do Ambiente informou que as bacias hidrográficas com maior potencial de cheias são as dos rios Lima (em particular em Arcos de Valdevez, Ponte da Barca e Ponte de Lima), Cávado, Douro (com particular incidência nas sub-bacias do Tâmega e do Tua), Vouga e Mondego.

A prontidão do sistema em nível laranja prevê o aumento em 25% do nível de efetivos em todo o país. O Centro de Coordenação Operacional da ANEPC estará reunido no sábado e no domingo para acompanhar as ocorrências e, se houver necessidade, prolongará o estado de alerta para além de domingo.

Lusa

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Qual o seu grau de satisfação com a liberdade que o 25 de Abril trouxe para os madeirenses?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas