MADEIRA Meteorologia

Covid-19: França vai "acelerar e simplificar" estratégia de vacinação

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
05 Janeiro 2021
10:00

França vai acelerar e simplificar a vacinação contra a covid-19 para "velocidade cruzeiro", para se juntar aos parceiros europeus, anunciou hoje o ministro da Saúde, Olivier Véran, respondendo a críticas à lentidão da campanha de vacinação no país.

"Passámos ontem as 2.000 vacinações, daqui até quinta-feira vamos aumentar bastante e vamos entrar numa curva exponencial [...] Vamos amplificar, acelerar e simplificar a nossa estratégia de vacinação", garantiu esta manhã o ministro em entrevista à rádio RTL.

O governante enfrenta desde segunda-feira críticas sobre a lentidão da vacinação no país face a outros parceiros europeus, como a Alemanha.

"O ritmo cruzeiro da vacinação vai pôr-nos ao mesmo nível dos nossos vizinhos nos próximos dias", assegurou ainda Olivier Véran.

A França começou por vacinar o pessoal hospitalar em risco e os residentes de lares de idosos. No entanto, o ministro anunciou hoje que as pessoas com mais de 75 anos que vivam fora dos lares devem começar a ser vacinadas até ao fim de janeiro.

Será ainda possível aos restantes franceses inscrever-se para a vacinação nos próximos dias, podendo mesmo esta inscrição vir a acontecer através da aplicação TousAntiCovid - a aplicação oficial do Governo para lutar contra a pandemia.

Na quinta-feira, Olivier Véran e o primeiro-ministro, Jean Castex, vão dar mais detalhes sobre a estratégia de vacinação numa conferência de imprensa conjunta.

Desde o início da pandemia, França registou 2.659.750 casos de infeção pelo SARS-CoV-2 e 65.415 óbitos devido à covid-19, segundo as autoridades francesas.

Segundo os números mais recentes, divulgados na segunda-feira, há 24.995 pessoas hospitalizadas no país devido à covid-19 e desses pacientes, 2.666 estão internados nos cuidados intensivos. Estes números mostram um leve aumento do número de pessoas no hospital devido ao vírus nos últimos dias.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.843.631 mortos resultantes de mais de 85 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 7.186 pessoas dos 431.623 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Lusa

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas