MADEIRA Meteorologia

Francisco J. Marques condenado a um ano e 10 meses por divulgação de emails do Benfica

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
12 Junho 2023
15:35

O diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, foi hoje condenado a um ano e 10 meses de prisão, com pena suspensa, devido à divulgação de emails do Benfica.

O dirigente dos 'dragões' foi punido com 10 meses de prisão por violação de correspondência agravada ou telecomunicações, e mais um ano e dois meses por ofensa a pessoa coletiva.

Francisco J. Marques ficou com um cumulo jurídico de um ano e 10 meses, com pena suspensa por igual período.

Diogo Faria, diretor de conteúdos do Porto Canal, foi condenado a nove meses de prisão, com pena suspensa durante um ano, por violação de correspondência ou telecomunicações.

Francisco J. Marques e Diogo Faria foram ainda condenados a pagar de forma solidária uma indemnização de 10.000 euros a Luís Filipe Vieira, ex-presidente do Benfica, enquanto Júlio Magalhães, antigo diretor do canal, foi absolvido de todos os crimes de que era acusado.

O caso da divulgação dos emails remonta a 2017 e 2018, com comunicações entre elementos ligados à estrutura de Benfica e terceiros a serem reveladas no programa 'Universo Porto - da bancada', do Porto Canal, e começou a ser julgado há cerca de seis meses, em 16 de setembro de 2022.

LUSA

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

O presidente do Marítimo tem condições para continuar no cargo após agredir um adepto?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas