Drone junta-se às buscas pelo homem desaparecido na zona da Atalaia

Edna Baptista

Foram retomadas, esta manhã, pelas oito horas, as buscas pelo homem desaparecido no mar, na zona do Caniço, deste sábado à noite.

A informação foi confirmada ao JM pelo Comandante Guerreiro Cardoso, da Zona Marítima da Madeira, que mais avançou que as buscas continuam a decorrer por mar e terra entre a zona de São Pedro, em Santa Cruz, e a Ponta do Garajau.

Nestas buscas estão empenhadas, por mar, duas embarcações, uma semirrígida da Estação Salva-Vidas, do Instituto de Socorro a Náufragos do Funchal, e uma lancha da Polícia Marítima. Por terra, o homem é procurado por uma patrulha da Polícia Marítima e também pelo Corpo Voluntário de Salvadores Náuticos (SANAS), que está a operar o drone do Comando Operacional da Madeira na zona costeira.

Recorde-se que o homem, de 52 anos, foi dado como desaparecido no mar na noite de sábado, na zona da Atalaia, no Caniço, depois de ter saído de casa para praticar a atividade da captura de lapas.

O alerta foi dado por voltas das 22h30 por um familiar à Polícia de Segurança Pública (PSP), que depois contactou a autoridade marítima.

As buscas, que estão a ser coordenadas pelo Capitão do Porto e Comandante-local da Polícia Marítima do Funchal, em articulação com o Subcentro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo do Funchal (MRSC Funchal), iniciaram-se logo após o alerta, tendo continuado ao longo do dia de domingo, mas sem sucesso.