MADEIRA Meteorologia

Sara Madruga queria eleições já e foi criticada

Edmar Fernandes

Subdiretor JM

Data de publicação
01 Fevereiro 2024
19:50

A antiga deputada do PSD-M na Assembleia da República foi a única que discordou do plano apresentado pelo partido para o momento imediato.

Enquanto os dirigentes anunciavam uma estratégia para apresentar um novo líder do Governo, um novo programa e um novo orçamento que oferecesse estabilidade e assegurasse o atual mandato governativo, Sara Madruga usou da palavra e pediu eleições antecipadas.

A maioria dos militantes não aprovou a ideia e foi-lhe ainda explicado que tal não seria possível constitucionalmente e que o poder não podia cair no vazio.

A reação na sala foi uma vaia com apupos audíveis mesmo fora do espaço onde decorreu a reunião, no Centro de Congressos da Madeira.

Perante os apupos, o próprio Miguel Albuquerque pediu aos militantes para não o fazerem, defendendo o direito a opiniões diferentes.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas