MADEIRA Meteorologia

PTP sugere decisão do juiz como ato “vingança” contra o MP

Data de publicação
20 Fevereiro 2024
13:11

O PTP enviou um comunicado às redações, onde realça querer apurar se, no que respeita ao caso da Madeira, o juiz Jorge Melo agiu pela “análise de factos ou por vingança ao MP?”, é questionado por esta estrutura partidária.

“Foi tornado público que a procura que dirigiu a investigação na Madeira testemunhou contra o juiz que libertou os arguidos. Sabe-se que o juiz foi castigado em março de 2008 com 120 dias de suspensão e com a transferência da Comarca de Sintra, onde estava colocado. Em causa esteve a violação de deveres de correção e urbanidade. O comportamento inadequado do juiz com os arguidos, mas também com os procuradores do Ministério Público, com quem trabalhava”, refere a nota do PTP.

“Alguma coisa está mal contada, primeiro o juiz insistiu numa prisão prolongada dos arguidos para depois haver uma conclusão do qual não há indícios de crime passados 21 dias”, disse Raquel Coelho.

“Para o PTP, algo de muito errado se passa na justiça portuguesa para justificar que o mesmo caso tenha interpretações tão diferentes entre o MP e o juiz de instrução. Para Raquel Coelho é muito grave que a corrupção esteja sujeita a interpretação e defende um maior escrutínio ao aparelho de justiça”, é fundamentado.

OPINIÃO EM DESTAQUE
Coordenadora do Centro de Estudos de Bioética – Pólo Madeira
11/04/2024 08:00

A finitude da vida é um tema que nos confronta com a essência da nossa existência, levando-nos a refletir sobre o significado e o propósito da nossa passagem...

Ver todos os artigos

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas