MADEIRA Meteorologia

Pedro Calado promete soluções para trânsito caótico no Funchal

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
23 Julho 2021
12:15

O candidato pela coligação "Funchal sempre à frente" esteve esta manhã na Estrada Monumental para dar conta de "uma cidade caótica, sem ordenamento e sem planeamento".

Numa iniciativa realizada, no âmbito das Jornadas Locais do Grupo Parlamentar do PSD, Pedro Calado afirmou que o atual Executivo camarário 'tem uma grande falta de visão estratégica sobre as obras a implementar e do crescimento da própria cidade", exemplificando com o projeto da ciclovia, que foi considerada prioritária relativamente às questões da fluidez do trânsito e que tem provocado grandes congestionamentos, sobretudo nas horas de ponta, o que se reflete nas entradas e saídas da cidade, causando problemas graves para quem circula.

"Este problema, do nosso ponto de vista, vai agravar-se se tivermos em conta que, daqui a um a dois anos, temos alguns projetos imobiliários concluídos na zona da Ajuda", salientou o candidato, frisando que a previsão é que haja mais 3 ou 4 mil pessoas, nos próximos anos, entre a Estrada Monumental, Ajuda e zona Oeste da cidade, o que vai "dificultar ainda muito mais o trânsito nesta circulação".

Em termos da candidatura de Pedro Calado, aquilo que se pretende é um estudo e levantamento rigoroso da circulação automóvel em toda aquela zona da cidade, de modo a encontrar uma saída alternativa, ou na zona da Ajuda ou na Estrada Monumental, através de uma passagem paralela que faça escoar o trânsito para outra zona, permitindo ali uma circulação normal.

"Aquilo que se está a passar hoje, sobretudo numa altura de franca recuperação económica, em que os hotéis estão novamente a abrir e em que há uma circulação de autocarros e de carros de turismo, é que, durante o dia, há um afunilamento entre os automóveis que circulam normalmente e os autocarros de turismo e os próprios táxis", salientou, realçando que se trata de "um congestionamento de trânsito que é inqualificável e que não se justifica".

Além dos problemas na gestão do trânsito, Pedro Calado referiu também que "esta falta de visão e de planeamento também se verifica na manutenção das estradas, que, além de condicionadas, se apresentam esburacadas e por arranjar".

Redação

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas