MADEIRA Meteorologia

Pedra plenamente convicta da inocência de Calado tal como já estava a 24 de janeiro

Data de publicação
15 Fevereiro 2024
12:38

”À Justiça o que é da Justiça, à política o que é da política”, palavras da presidente da Câmara Municipal do Funchal à margem da reunião semanal.

Confrontada pela comunicação social sobre a libertação de Pedro Calado, Avelino Farinha e Custódio Correia, no caso que abalou a Madeira a 24 de janeiro, Cristina Pedra, visivelmente emocionada, disse que, quer no passado, como hoje, como no futuro, continua a acreditar a 100 por cento no ex-autarca e na sua inocência.

Cristina Pedra, que assumiu o cargo de Pedro Calado, quando este renunciou ao cargo, adiantou que acredita na inocência de Calado, tal como acreditou no dia das apreensões e detenções.

Sobre a situação da Câmara, a presidente diz que decorre na perfeita rotina institucional.

”Não há nenhuma dúvida nem qualquer margem de indecisão”, disse, recusando-se a adiantar se já falou com Pedro Calado.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Qual o seu grau de satisfação com a liberdade que o 25 de Abril trouxe para os madeirenses?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas