MADEIRA Meteorologia

PCP acusado de “hipocrisia” no voto de pesar pelo falecimento de Navalny

Data de publicação
22 Fevereiro 2024
9:48

O voto de pesar pela morte de Navalny é agora discutido no Período Antes da Ordem do Dia, da autoria do PCP. “Voto de Pesar pelo Falecimento de Alexey Navalny, lutador russo pela liberdade e pela democracia”.

Carlos Rodrigues (PSD), destacou a “hipocrisia” e “demagogia” relativamente ao voto de pesar do PCP à morte de Alexei Navalny.

”O mundo inteiro civilizado responsabilizada Vladimir Putin e nós temos o dever de o fazer”, disse o social democrata, mas repudiando a atitude do PCP.

”O CDS expressa as sentidas condolências”, lembrando que o seu legado “continuará a inspirar gerações”, disse a deputada centrista.

Miguel Castro, do Chega, elencou as qualidades de Navalny e disse que a comunidade internacional não pode ficar indiferente à luta de um ser humano que tanto lutou pela democracia, acusando o PCP de “demagogia”.

Rafael Nunes (JPP), disse juntar-se ao voto de “profundo pesar”, expressando à família as profundas condolências.

Roberto Almada (BE), lamentou o sistema de perseguição instalado na Rússia.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Qual o seu grau de satisfação com a liberdade que o 25 de Abril trouxe para os madeirenses?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas